Página inicial > Rap > Z > Zudizilla > Luzes Artificiais

Luzes Artificiais

Zudizilla

Mixtape LUZ


Intro
Quem tá no front sabe que correr pelo que ama é foda,
Mas não cansa, uns correm, outros param, uns gritam,
Outros calam, uns empurram, outros embalam,
Uns rimam, outros falam.

Cada segundo pra mim é importante,
Eu não tenho tempo pra perder, tenho muito o que fazer.
Me desculpe se você não tem porque tá aqui,
Só veio ser mais um, eu vim pra ser melhor
E não pra ser comum.
Eu vou fazer o que eu poder pra dá orgulho pros meus,
Que tavam junto quando eu disse "agora fudeu".
Não importa quem tiver do lado contrário,
Perdeu, minha razão vai empurrar vários de volta pro breu.
Vou apontar o lugar de quem não se manteve e cedeu,
Verdade é a chave de quem resiste e não se corrompeu.
Sei que já apareceram vários como eu aqui,
Mas tenho que fazer mais pra me diferenciar,
Dos que não fizeram metade do que eu tô fazendo.
Os cara se sente representado quando eu represento,
Mantendo a única
Vitória que interessa, a glória pras calçadas
E o orgulho pras favelas.

(refrão - 2x)
Sob luzes artificiais, nuvens superficiais,
Flashes que escondem por trás o que se perdeu.
Sob luzes artificiais, nuvens superficiais.
Muitos se dedicam, mas nunca mais do que eu.

Eu só vou pedir desculpa se eu tiver errado, desde quando
Fazer mais que os outros se tornou pecado?
Um recado pra quem não trampa e segue falando fiado,
Quando a língua se mexe mais que a caneta, algo tá errado.
Sei que o respeito tem que vir de ambos os lados,
Mas é cada um no seu quadrado,
Cada macaco em seu galho.
Separo quem nessa porra não assimila
Que mc tem mil na fila da fama, nenhum na vila e reclama.
Que a vida é foda,
Mas isso não ajuda ninguém, que tá difícil,
Eu sei (lembra), eu vim da lama também.
Sei do que falo, faço minha ciência eficaz,
Minha paciência se esgotou a vinte linha atrás.
Minha rima faz os falsos repensar os planos,
Em silêncio vão pra longe e ficam só observando.
"playboy bom é chinês, australiano...
Fala feio, mora longe e não me chama de mano."

(refrão - 2x)
Sob luzes artificiais, nuvens superficiais,
Flashes que escondem por trás o que se perdeu.
Sob luzes artificiais, nuvens superficiais.
Muitos se dedicam, mas nunca mais do que eu.

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Zudizilla no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS