Página inicial > MPB > Z > Zizi Possi > Flor do Mal

Flor do Mal

Zizi Possi

Flor do Mal


Estou perdida na fumaça
Na penumbra de um cabaré
E essa dor é uma cachaça
Que não passa nem descompassa

Um amor carnal, uma flor do mal
Meu castigo de sempre

Te querer muito mais quero
Foi assim do começo ao fim
Até mesmo a loucura que conduz
À volúpia dor

Pois te amei como amei meu pai
E quem ama o amor não trai
Vou levando essa cruz

Garçom, me sirva um bom traçado
Dose dupla de solidão
A um coração dilacerado
Transpassado de lado a lado

Ponta de punhal, uma flor do mal
Meu destino de sempre

Me entreguei nessa comunhão
Como a abelha se entrega à flor
E num beijo imortal depois do amor e satisfação

Mais que eu, ninguém deu de si
E sou eu que ainda vive aqui
Prisioneira da dor
Embriagada do perfume da paixão

E a paixão enfim é a flor do mal
Tatuada em mim

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Zizi Possi no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS