Página inicial > Rock Alternativo > Z > Zimbra > Céu de Azar (Part. Esteban Tavares)

Céu de Azar (Part. Esteban Tavares)

Zimbra


E se a vida é o que se diz
Qual o motivo pra eu me culpar
Eu não sei
Seu tempo acabou
Enxergar o que não se vê
Vi motivos pra me soltar de você
E o mundo apagou
Se eu parasse pra respirar
iria me perder de você

Eu estou aqui
Morrendo no seu lugar
Parece que o sol se pôs
Debaixo de um céu de azar
Que eu me construí

Esperei pelo temporal
Sob um teto de Santa Fé
Me escondi e o céu desabou
No meu peito a cicatriz
Da batalha pra ser feliz sem você
E o tempo acabou
Se eu parasse pra respirar
iria me perder de você
Tanta coisa no seu lugar
E eu só querendo entender

E eu estou aqui
Morrendo no seu lugar
Parece que o sol se pôs
Debaixo de um céu de azar

Eu estou aqui
Morrendo no seu lugar
Parece que o sol se foi
Debaixo de um céu de azar
Que eu me construí
Eu me construí

Compositor: Rafael Costa e Esteban Tavares

Letra enviada por Ticyana Porto

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Zimbra no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS