Página inicial > Reggae > Z > Zignal > Reggae do Horto

Reggae do Horto

Zignal

Virado


Amanheceu, continua a chover eu ainda te cortejo
Todos os desejos são voltados pra você
Veja bem, esse é o meu segredo
O conhecimento que eu revelo pra você

Eu descobri um lugar chamado poesia
Foi onde eu me escondia pra você me encontrar
Estava lá tudo o que eu sentia
O quanto me doía te perder

REFRÃO
Entre o sol e mar existe um endereço
Pra gente um dia morar
Onde o que começa se termina no seu beijo
Eu quero uma resposta

Anoiteceu, um cobertor pra me aquecer
Eu sinto o seu cheiro
Lembro-me do dia que usou pra se enrolar

Amanheceu virado pelo vento
Tragado pelo tempo que ousava me testar

Fugi de casa, fui pra alto mar
Me dei um tempo pra saber se é real

E o que tem, agora me esqueço
Daquele endereço que era meu

REFRÃO
Entre o sol e mar existe um endereço
Pra gente um dia morar
Onde o que começa se termina no seu beijo
Eu quero uma resposta

Entre o sol e mar existe um endereço
Pra gente um dia morar
Onde o que começa se termina no seu beijo
Eu quero uma resposta

Compositor: Tom / Gringo / Pablo / Gudino

Letra enviada por lucas.string

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Zignal no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS