O Salaminho

Zeca Pagodinho

Maxximum: Zeca Pagodinho


Quando eu bebo e perco a rédea
Amanheço na orgia
Só pensando em fazer média
Espero abrir a padaria
Vou comprar um pão fresquinho
Litro de leite, manteiga
Cem gramas de salaminho
Pra agradar a minha nega
A nega já anda desconfiada
Que eu vivo na madrugada
Em busca de outros carinhos
Mas sei que ela não sabe de nada
É que eu passo a noite com a cara encostada
No bojo do meu cavaquinho

Quando eu bebo e perco a rédea...

Eu faço tudo pra agradar a nega Estela
Mas ela chora as mazelas
E diz que o dinheiro não dá
No fim do mês é o padeiro
É o leiteiro, o açougueiro querendo dinheiro
E é ela quem tem que pagar

Quando eu bebo e perco a rédea...

Não toma café sem leite
Nem come pão sem manteiga
Cem gramas de salaminho
Pra agradar a minha nega

Ela diz que vai embora
Que não agüenta mais e chega
Cem gramas de salaminho...


Clique aqui para voltar

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Zeca Pagodinho no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS