A Ponte

Zeca Pagodinho

Deixa Clarear + Água da Minha Sede


Chora
Põe o coração na mesa
Chora
Tua secular tristeza
Tira o teu coração da lama
E chora a dor santa e a dor profana
Que deus protege a quem chora
Por toda a tristeza humana
O homem é sempre só
O fim é sempre o pó
Ninguém foge do nó
Que um dia a vida faz
Por isso chora em paz
Que a lágrima que cai
É a ponte entre mais nada
E outra vida mais
E deus protege a quem chora...

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Zeca Pagodinho no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS