Página inicial > MPB > Z > Zé Geraldo > Preco da Rosa

Preco da Rosa

Zé Geraldo


o vento que me balança
é o mesmo que me refresca
o sorriso que me encanta
nem sempre é meu por direito

se o riso é coisa bonita
não vale menos o pranto
no norte da minha cama
a amiga já não me entende
pq partiu já faz tempo
pras bandas de muito longe (2x)

hj brota no meu peito
um vinho tinto de dor
é o preço que a rosa cobra
de um jardineiro amador (2x)

repete desde o inicio

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Zé Geraldo no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS