Página inicial > Jazz > Z > Zaz > si je perds > Tradução

Si Je Perds (tradução)

Zaz

Recto Verso


Se eu perder


Eu me sinto um antiquário, eu sou a vilã

Se meus filhos me convidam eu não fico feliz

E quando eles me visitam, eu sou transparente

Eu pareço pálida, eu soluço

Meus filhos me limpam, estranhos me levam para passear

E penso quando me vejo que eu já estou morta


Se eu perder a memória, não precisa se preocupar

É que a minha vida está na noite de um dia triste

Se eu perder a razão, não precisa ficar com raiva

Se esta não é mais a minha casa, deixe-me no corredor


Se eu perco os estribos, e se isso te deixa preocupado

Se isso te faz mal demais, ou eu não sei mais quem você é

e se eu perder o juízo não tenha tanta pena

Minha cabeça é uma multidão de rostos esquecidos


Eu me sinto uma coisa velha, me faço de múmia

Meus filhos me movem como um velho manuscrito

E eu tenho folhas que se soltam, eu estou mal escrita


Eu me sinto estranha, eu me visto muito tarde

Se eu relembro os momentos em que o fiz sem saber

a corrida com o tempo sem me dizer adeus


Se eu perder a memória, não precisa se preocupar

É que a minha vida está na noite de um dia triste

Se eu perder a razão, não precisa ficar com raiva

Se esta não é mais a minha casa, deixe-me no corredor


Se eu perco os estribos, e se isso te deixa preocupado

Se isso te faz mal demais, ou eu não sei mais quem você é

e se eu perder o juízo não tenha tanta pena

Minha cabeça é uma multidão de rostos esquecidos


Se eu perder a memória, não precisa se preocupar

É que a minha vida está na noite de um dia triste

Se eu perder a razão, não precisa ficar com raiva

Se esta não é mais a minha casa, deixe-me no corredor


Se eu perco os estribos, e se isso te deixa preocupado

Se isso te faz mal demais, ou eu não sei mais quem você é

e se eu perder o juízo não tenha tanta pena

Em breve eu serei uma "tonta" e você terá me esquecido

Si Je Perds


Je me sens brocante, je suis la méchante

Si mes enfants m'invitent je fais la pas contente

Et quand ils me visitent je suis la transparente

Je me ressemble pâlotte, je me sanglote

Mes enfants me nettoient, des inconnus me sortent

A croire quand je me vois que je suis déjà morte


Si je perds la memoire il faudrait pas s'inquiéter

C'est que ma vie est au soir d'une triste journée

Si je perds la raison il faudrait pas s'en vouloir

Si ce n'est plus ma maison laissez-moi dans le couloir


Si je perds les pédales, et si ça vous inquiète

Si ça vous fait trop mal, ou je ne sais plus qui vous êtes

Et si je perds la boule n'ayez pas trop pitié

Ma tête est une foule de visages oubliés


Je me sens friperie, je me fais momie

Mes enfants me déplacent comme un vieux manuscrit

Et j'ai les feuilles qui cassent, je suis mal écrite


Je me sens bizarre, je m'habille trop tard

Si je repense aux instants où j'ai fait, sans le savoir

La course avec le temps sans me dire au revoir


Si je perds la memoire il faudrait pas s'inquiéter

C'est que ma vie est au soir d'une triste journée

Si je perds la raison il faudrait pas s'en vouloir

Si ce n'est plus ma maison laissez-moi dans le couloir


Si je perds les pédales, et si ça vous inquiète

Si ça vous fait trop mal, ou je ne sais plus qui vous êtes

Et si je perds la boule n'ayez pas trop pitié

Ma tête est une foule de visages oubliés


Si je perds la memoire il faudrait pas s'inquiéter

C'est que ma vie est au soir d'une triste journée

Si je perds la raison il faudrait pas s'en vouloir

Si ce n'est plus ma maison laissez-moi dans le couloir


Si je perds les pédales, et si ça vous inquiète

Si ça vous fait trop mal, ou je ne sais plus qui vous êtes

Et si je perds la tête n'ayes pas trop pitié

Bientôt je serai bête et vous aurez m'oubliée

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS