Página inicial > Hardcore > Z > Zander > Hortelã

Hortelã

Zander

EP'tizer


Desculpas não pagam contas, chorar não conta
Nem balas de hortelã disfarçam
o que fez ontem por sua conta, nem limpam nada
Já é hora de ser mais forte
encarar a culpa e deixar este lugar salgado ficar mais doce
Crescerem flores e outras formas de amar sem julgar
O seu emprego ou seu desapego
não podem mais te isentar
E o fato é que se a gente pode, se a gente quiser enxergar
Iremos, então, começar

Revólveres na gaveta, esquece a treta e faz esse favor
Resolva os problemas antes, só não me conte
mas conte comigo
Seu lar já não te respeita
o seu pai não entende e sua mãe diz que tanto faz
Sua cidade não é mais a mesma, o apoio se foi e
Por outras formas de amar sem julgar
O seu emprego e o seu desapego
não podem mais te ausentar
E o fato é que, se a gente tenta
se a gente puder aguentar
Teremos o nosso lugar

Café para espantar o frio, talvez um vinho ou o que puder
Manter nosso compromisso de estarmos vivos e aqui de pé
E eu sei que seus pés são frágeis
e que o trilho é quente, mas tenha fé
Pois somos e ainda estamos em direção
Ao que tiver que ser

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Zander no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS