• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    Me dói um furúnculo bem lá por traz
    Minhas brotoejas coçam demais
    Que dor de barriga, já não tenho paz
    Aqui do banheiro eu não saio mais
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    Dei um a topada que dor infeliz
    Tá doendo o ciso dentro da raiz
    Estourou uma espinha dentro do nariz
    Vivo resfriada, o que foi que eu fiz?
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    De tanta assadura não posso sentar
    Cheia de alergia vivo a espirar
    Pobre do meu calo fica a latejar
    Tô com gases presos, tenho que soltar
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    Tenho um joanete que é de estimação
    Uma rolha d'água na palma da mão
    Tosse, erisipela e uma comichão
    Que vai da cabeça até o dedão
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    No meio da rua, escorreguei, caí
    Enfaixei a perna, tô que nem saci
    Ai que dor no quartos, quase enlouqueci
    Corro apertada pra fazer xixi
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    Mas um dia eu juro que vai melhorar
    Nessa minha vida tudo vai mudar
    De tanta catinga quero me livrar
    Mas se não der certo volto a gritar
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai

    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    Me dói um furúnculo bem lá por traz
    Minhas brotoejas coçam demais
    Que dor de barriga, já não tenho paz
    Aqui do banheiro eu não saio mais
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    Dei um a topada que dor infeliz
    Tá doendo o ciso dentro da raiz
    Estourou uma espinha dentro do nariz
    Vivo resfriada, o que foi que eu fiz?
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    De tanta assadura não posso sentar
    Cheia de alergia vivo a espirar
    Pobre do meu calo fica a latejar
    Tô com gases presos, tenho que soltar
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    Tenho um joanete que é de estimação
    Uma rolha d'água na palma da mão
    Tosse, erisipela e uma comichão
    Que vai da cabeça até o dedão
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    No meio da rua, escorreguei, caí
    Enfaixei a perna, tô que nem saci
    Ai que dor no quartos, quase enlouqueci
    Corro apertada pra fazer xixi
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai,
    Mas um dia eu juro que vai melhorar
    Nessa minha vida tudo vai mudar
    De tanta catinga quero me livrar
    Mas se não der certo volto a gritar
    Ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai, ai

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Xuxa

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.