Página inicial > Romântico > W > Wando > Tenda dos Prazeres

Tenda dos Prazeres

Wando


Quando seu desejo de odalisca
Toca em mim sua nudez
Serpenteia no meu corpo
A mística pagã da embriaguez
Faz comigo um delicioso amor
De invejar as gueixas de além-mar
Eu me sinto como um sultão
Como um califa que se deixa escravizar
Pelo amor da mulher mais bonita de um harém de Bagdá

Mil e umas noites deixam de ser lenda
Quando a favorita chega em minha tenda
E me deixa louco, cheio de desejo
Já não sei viver longe do fogo dos seus beijos

Quando ela deita nos tapetes
E seu olhar chama por mim
É como um pedido feito à lâmpada encantada de Aladim
Eu me entrego a esse amor pagão
Santo, abençoado por Alah
Meu destino entrego em suas mãos
Sou um califa que se deixa escravizar
Pelo amor da mulher mais bonita de um harém de Bagdá

Mil e umas noites deixam de ser lenda
Quando a favorita chega em minha tenda
E me deixa louco, cheio de desejo
Já não sei viver longe do fogo dos seus beijos

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Wando no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS