Pirangueiro

Wanderley Andrade

Minha Cara: ao Vivo


Eu fumo mas eu não trago
E quando trago não dou pra ninguém
Eu bebo mas eu não pago
Só me embriago às custa de alguém

Eu fumo mas eu não trago
E quando trago não dou pra ninguém
Eu bebo mas eu não pago
Só me embriago às custa de alguém

A galera diz que eu não pago uma menta
Só tô no vácuo
Eu nunca pago uma gelada
Sou bom de papo, a turma comenta
Ainda pago o sapo quando ninguém quer pagar nada

Meu jeito é esse:
Eu chego sentando na mesa
Pegando no copo, tomando a cerveja
Não pago a despesa, não tenho dinheiro

Meu jeito é esse:
Eu chego sentando na mesa
Pegando no copo, tomando a cerveja
Não pago a despesa, não tenho dinheiro

Sou pirangueiro...
(Sou pirangueiro...)
(Sou pirangueiro...)
(Sou pirangueiro...)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Wanderley Andrade no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS