Melô do Ladrão

Wanderley Andrade

Minha Cara: ao Vivo


Párárápápárárárá, párárápápárárárá, párárápápárárárá
Párárápápárárárá, párárápápárárárá, párárápápárárárá

Eu vou roubar,
eu vou roubar,
eu vou roubar, meu bem,
o seu coração.

Eu sou ladrão,
eu sou ladrão,
eu sou ladrão, meu bem, e vou roubar
o seu coração.

Eu quero logo ser julgado
e em seguida condenado
a ficar preso no seu coração
pois a minha felicidade
é ficar atrás das grades
sem direito e sem perdão.
E no teu corpo de donzela
que vai ser a minha cela
eu jamais irei pedir paixão.
Não quero a chave da cadeia
do presídio do amor,
eu não quero a liberdade, então,

Meu amor, minha paixão,
meu amor, meu coração,
meu amor, minha prisão,
meu amor, eu sou ladrão.

Párárápápárárárá, párárápápárárárá, párárápápárárárá
Párárápápárárárá, párárápápárárárá, párárápápárárárá

Eu vou roubar,
eu vou roubar,
eu vou roubar, meu bem,
o seu coração.

Eu sou ladrão,
eu sou ladrão,
eu sou ladrão, meu bem, e vou roubar
o seu coração.

Eu quero logo ser julgado
e em seguida condenado
a ficar preso no seu coração
pois a minha felicidade
é ficar atrás das grades
sem direito e sem perdão.
E no teu corpo de donzela
que vai ser a minha cela
e eu jamais irei pedir paixão.
Não quero a chave da cadeia
do presídio do amor,
eu não quero a liberdade, então,

Meu amor, minha paixão,
meu amor, meu coração,
meu amor, minha prisão,
meu amor, eu sou ladrão.

Meu amor, minha paixão,
meu amor, meu coração,
meu amor, minha prisão,
meu amor, eu sou ladrão.

Compositor: Edilson Morenno

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Wanderley Andrade no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS