Olhar de Madalena

Walmir Alencar


Olhando para Ti, sofrendo nessa cruz.
Eu sinto a ingratidão e tão grande desamor
Eu lembro meu Senhor.
Já estive em outra cruz
Do pecado e da morte,
Mas Teu amor me libertou.

Tu perguntaste: ”Ninguém te condenou?”.
Da morte o Senhor me libertou!
Agora eu pergunto: ”Quem te condenou?”.
Por que matar Alguém que tanto amou?

Olhando para ti, do alto dessa Cruz.
Eu vejo a gratidão de alguém que sabe amar
Não precisa perguntar: ”Quem me condenou”
Fui Eu que me entreguei só por Amor.

Não posso dar – te as Mãos
Pregadas nessa Cruz, mas posso dar a ti meu Coração.
Ninguém jamais amou,
Como sempre vou te amar,
Meu sangue vai, enfim, te libertar.

Compositor: Walmir Alecar E Padre Jpãozinho

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Walmir Alencar no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS