Página inicial > Indie > W > Wado > Grande Poder

Grande Poder

Wado

A Farsa do Samba Nublado


A terra deu, a terra dá, a terra cria,
Homem a terra cria, a terra deu, a terra há,
A terra voga, a terra dá o que tirar,
A terra acaba com toda mal-alegria,
A terra acaba com o inseto que a terra cria,
Nascendo em cima da terra, nesta terra há de viver,
Vivendo na terra que esta terra há de comer,
Tudo o que vive nesta terra pra esta terra é alimento

Porque no céu a gente vê uma estrelinha,
Aquela estrela nasce e se põe às seis horas,
Quando é de manhã aquela estrela vai embora,
Tem uma maior e outra mais miudinha,
Tem uma acesa, outra mais apagadinha,
Seis horas da noite é que pega aparecer,
Quando é de manhãzinha ela torna a se esconder,
E só de noite é que ela brilha em cima do firmamento

O homem planta um rebolinho de maniva,
Aquela maniva com dez dias tá inchada,
Ali vai se criando aquela folha orvalhada,
começa a nascer aquela obra positiva,
muito esverdeada, muito linda e muito viva,
embaixo cria uma batata que engorda e faz crescer,
aquilo dá farinha pra todo mundo comer,
e para toda criatura vai servir de alimento

Compositor: Mestre Verdelinho

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Wado no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS