Teatro da Vida

Voz da Verdade

Filho de Leão


Te agradeço Deus por me
emprestar um coração que pulsa
O ar que eu respiro, que dá sentido a vida
Por todos os caminhos da existência
Me sinto jóia rara no teatro desta vida
O meu produtor é o meu Senhor
Não o vejo mas ele está lá

O diabo quis apagar as luzes do meu palco
Fechar minhas cortinas, sem eu terminar meu ato
Minha história era interrompida quando uma luz brilhou
Tomou a minha mão e disse: aqui estou
Não há sombra sem sol, não há dia sem luz
E por trás desta cortina, quem assina é Jesus
Vou viver, vou viver, meu coração que pulsa diz:
Que eu vou viver

Compositor: Carlos A. Moysés

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Voz da Verdade no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS