Página inicial > Sertanejo > V > Vitor e Vanuti > Capa de Revista / o Amor (Mistérios)

Capa de Revista / o Amor (Mistérios)

Vitor e Vanuti


Capa de revista
Exposta na banca pra todos verem
Um dia à tarde, andando na rua me surpreendi
Quando numa banca vi um corpo nu, queimado de sol
Conhecido meu a tempos atrás me pertenceu
Como eu era feliz

Pois era ela, minha esposa amante
Com seu corpo elegante, exposto estava ali
Foi a sua vaidade
Conversas de comadres
Conselhos não de padre
Tirou ela de mim

Tem amor que é um mistério na vida da gente
Mistério é sempre mistério
Só quem ama, sente
Tem saudade e covardia que nada explica
Quando acaba a paixão
O amor não fica

Um grande amor
Nasce de um olhar
Em um adeus
Machuca e faz chorar
E quando se perde
Um bem-querer
Coração padece
Chora e não esquece
É grande o sofrer

O amor (o amor)
Faz chorar (faz chorar)
Faz sofrer (faz sofrer)
O adeus (o adeus)
É tiro no peito
Que não tem jeito de defender


É tiro no peito
Que não tem jeito de defender

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Vitor e Vanuti no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS