Página inicial > Sertanejo > V > Vitor e Vanuti > Caipira / Meu Primeiro Amor

Caipira / Meu Primeiro Amor

Vitor e Vanuti


O que eu visto não é linho
Ando até de pé no chão
E o cantar de um passarinho
É pra mim uma canção
Vivo com a poeira da enxada
Entranhada no nariz
Trago a roça bem plantada
Pra servir o meu país

Sou, sou desse jeito e não mudo
Na roça nós tem de tudo
E a vida não é mentira
Sou, sou livre feito um regato
Eu sou um bicho do mato
Me orgulho de ser caipira

Saudade, palavra triste
Quando se perde um grande amor
Na estrada longa da vida
Eu vou chorando a minha dor

Igual uma borboleta
Vagando triste por sobre a flor
Seu nome sempre em meus lábios
Irei chamando por onde for

Você nem sequer se lembra
De ouvir a voz desse sofredor
Que implora por seus carinhos
Só um pouquinho do seu amor

Meu primeiro amor
Tão cedo acabou
Só a dor deixou
Neste peito meu

Meu primeiro amor
Foi como uma flor
Que desabrochou
E logo morreu

Nesta solidão
Sem ter alegria
O que me alivia
São meus tristes ais

São prantos de dor
Que dos olhos caem
É porque bem sei
Quem eu tanto amei
Não verei jamais

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Vitor e Vanuti no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS