Página inicial > Rock > V > Violins > Tsunami

Tsunami

Violins


a gente tomava sol
com os pés numa areia branca feito neve
eu tinha na mão um copo
e você tinha nas mãos um creme
que você espalhava farto sobre a pele
um dia de sol tão quente

eu pensava em trocar de carro
investir em ações da Vale e ter um jet
pra andar pelo mar aberto
e media a extensão da saia
que você tirava como uma febre
pra correr para a água leve

e eu via você nadar no mar
como quem observa
um desfile de um exército irreal
que protege minha fé
sou o que você disser
você é o meu exército irreal
que protege minha fé

um sono macio desses
que te põem em suspenso
me atingiu de repente
só pra me privar de ouvir o alarme:
"Everybody out of the water!!
A Tsunami´s coming!"

eu e a multidão de água
passando sobre as pousadas como um LEGO
levando no peito os carros
bebendo forçado um suco
de água do mar com tudo que era resto
tentando agarrar um teto

daquele corpo que eu julguei ideal
eu só via as pernas
e um aceno submerso sem um som
pra mostrar que dá pé
pra mostrar que dá pé
num instante de reza
eu pensei que fosse a hora terminal
mas depois da tragédia
eu te encontrei de pé

hoje é certeza quando conto esse dia tão tenso
você vai sorrir um riso sério
e falar que até hoje ouve à noite:
"Everybody out! Everybody out of the Water!
A Tsunami´s coming!"

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Violins no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS