Página inicial > Sertanejo > V > Vieira e Vieirinha > Pedido a Nossa Senhora Aparecida

Pedido a Nossa Senhora Aparecida

Vieira e Vieirinha


Dona Margarida vivia aborrecida
E tava num dilema com certos problema
Aluguel atrasado
Cortaram o fiado

Veja só que ingrata sorte
Seu filho à beira da morte
Vendo o filho perecer
E sem poder socorrer

Por ela não ter dinheiro
Dava remédios caseiro
Cada dia que passava
O seu menino piorava

Já desiludida foi à Aparecida
A fé era tanta pedir a sua santa
De joelho ao altar
Pediu a chorar

Oh! Senhora Aparecida
Conserva o meu filho a vida
Vejo que ele vai morrer
Mas creio no seu poder

Farei o maior sacrifício
Me tire desse suplício
Creio tanto na Senhora
Sei que ele vai ter melhora

Voltou mais contente, o menino doente
Que cada vez piorava, quase nem chorava
Pobre mãe chorando
Mas sempre rezando

Esta graça não mereço
Se eu merecer eu Lhe agradeço
Meu filho não vai morrer
Eu creio no seu poder

Entrego o filho meu
Sob os cuidados seu
Confiante na sua luz
E no poder de Jesus

Ela teve um sonho terrível e medonho
Viu seu filho crescido terrível bandido
Roubando e matando
Ela acordou chorando

Um clarão resplandeceu
E a Santa apareceu
Seu sonho é realidade
Vim lhe mostrar a verdade

Pra não manchar o seu rosto
E não lhe dar mais desgosto
Deixe que ele vá com Deus
A luz desapareceu

Às três horas noutro dia o enterro saía
Quando alguém chorava ela própria acalmava
Eu já chorei tanto
Não tenho mais pranto

Agora eu não choro mais
Porque Deus sabe o que faz
Pra ver meu filho ladrão
Prefiro ver num caixão

Meu filho por essa hora
Está com Nossa Senhora
Está ao lado de Deus
Muito melhor do que eu

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Vieira e Vieirinha no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS