The Black Angel's Death Song (tradução)

Velvet Underground

The Velvet Underground & Nico


Death Song de The Black Angel


(Reed, Cale)


As escolhas miríade de seu destino

Defina-se para fora em cima de um prato

Para ele escolher

O que ele tinha a perder


Não é um país fantasma ensanguentado

Tudo coberto com sono

Onde o anjo negro fez chorar

Não é uma rua velha da cidade, no leste

ido para escolher


E o irmão do errante

andou no meio da noite

Com seu cabelo em seu rosto

Em um longo corte estilhaçado da faca de GT


tamborilar do homem rali correu no meio da madrugada

Até dissemos tanto tempo

Para seu grito crânio-estridente


Brilhando avermelhados e. Red

alinhado com o tempo

infundido com a escolha da mente

em patins de gelo raspando pedaços

A partir dos sinos


boca sangrando navalha de corte

Esquecendo a dor

Antisséptico permanece adeus legal

Então você voar

Para a neve marrom acolhedor do leste

ido para escolher, escolher de novo


Sacrificials permanece torná-lo difícil de esquecer

De onde você vem

As fezes de seus olhos

Serve para perceber a fama, escolher de novo


e abster-se de roverman do recluso sacrilégio

Para a perda de um cavalo

Fomos os intestinos e uma cauda de um rato

vem outra vez, optar por ir


E se o terror da Epifania reduzida para você vergonha

Tenha sua cabeça balançava e tecido

Escolha um lado para ser ligado


Se a pedra olha fora. Dividi

didática em dois

Deixe as cores das trilhas do mouse

Não grite, tente entre

Se você escolher, se você escolher, tentar perder

Para a perda de permanecer vir e começar


Iniciar o jogo que eu che che che che che Che I

ka tak Koh

Escolha para escolher

Escolha a escolher, optar por ir


The Black Angel's Death Song


(Reed, Cale)


The myriad choices of his fate

Set themselves out upon a plate

For him to choose

What had he to lose


Not a ghost bloodied country

All covered with sleep

Where the black angel did weep

Not an old city street in the east

Gone to choose


And wandering's brother

Walked on through the night

With his hair in his face

On a long splintered cut from the knife of G.T.


The rally man's patter ran on through the dawn

Until we said so long

To his skull-shrill yell


Shining brightly red-rimmed and

Red-lined with the time

Infused with the choice of the mind

On ice skates scraping chunks

From the bells


Cut mouth bleeding razor's

Forgetting the pain

Antiseptic remains cool goodbye

So you fly

To the cozy brown snow of the east

Gone to choose, choose again


Sacrificials remains make it hard to forget

Where you come from

The stools of your eyes

Serve to realize fame, choose again


And roverman's refrain of the sacrilege recluse

For the loss of a horse

Went the bowels and a tail of a rat

Come again, choose to go


And if Epiphany's terror reduced you to shame

Have your head bobbed and weaved

Choose a side to be on


If the stone glances off

Split didactics in two

Leave the colors of the mouse trails

Don't scream, try between

If you choose, if you choose, try to lose

For the loss of remain come and start


Start the game I che che che che I

Che che ka tak koh

Choose to choose

Choose to choose, choose to go


Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS