Página inicial > V > Velho > Coma Induzido

Coma Induzido

Velho

Vida Longa ao Primitivo


Vide a massa amorfa movendo-se plácida
Sob os olhos de petróleo de uma noite interminável
Não enxergam, não escutam, não vibram
Seus passos maquínicos, decorados

A multidão sem face nem peito
Por vezes pensam que pensam
Por vezes pensam até que falam
Mas serão deles, estas palavras

Há uma boca sem nome
Há vários nomes sem boca
O coma induzido
A letargia contagiosa

E a massa indiferente
Escoando no caminho
Sulcado
Pela homogeneização

Por vezes pensando que pensam
Por vezes pensando até que vivem

Compositor: Tenebra

Letra enviada por Vinícius Rodrigues

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Velho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS