Sem Pose

Vange Milliet


gosto do seu ar sem pose
sua cor gritante vibrante
nem sei porque
teu meio tom tem um quê

vamos ao sabor do vento
vôo cego mar aberto corpo adentro

se te peço sangue suor e saliva
te darei a calma o fervor a brisa
se te peço o sumo o nada e o clima
te darei o duo a palidez a rima

se te dou a benção o pecado a brisa
quero em troca a foice candura e ferida
se te dou sossego brinquedo birita
quero em troca o prazer e o medo da mulher parida

não importa se é compromisso
ou se amanhã, chá de sumiço

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Vange Milliet no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS