• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Quem que nessa porr nunca se viu pensando
    Se o moio vinga, se o jogo vira
    Nessas horas que se segura a disciplina
    Liga as idéias antes de se envolver em alguma fita
    Eu mantenho minha mente fria, me distanciando dos tira

    Irmão, todo mundo quer ter vida de patrão
    Mas não se ilude que isso te confunde
    O diabo é pai da ambição
    Vivendo na merda de um mundo de luxo e ostentação
    É cerca ruim que ensina o boi a ser ladrão

    A vida mostra que quem não tem tá na bosta
    Mostra que chave de ouro serve pra abrir qualquer porta
    É foda
    Quem não se importa com as moedas e quem não gosta
    As fita torta é nas tuas costas
    Tão pra ver se você se enforca, jhow

    Por ambição ele também quis sua cota
    Mas os vermes tavam na bota e saiu de trocação
    Com a rota, drão
    Pneu fura e carro capota... vê agora então se vale a pena
    Se envolver no esquema
    E se o preço da vida dá pra pagar em nota, jão!

    Háhh... vai arrumar nada
    Os maluco é pá, num vai dar, na falha
    Não vai virar
    Tsc tsc
    Não dessa vez, hahahaha

    Ei, não vai constar
    Sai no sapato, nem adianta perguntar
    Tnshá
    Não, sei, vish
    Eu que não vou participar

    Subiram o morro, nu mó sufoco, tão atrás do torro
    O bagui tá loco, vão até os ossos
    Não tem bom moço, vão abrir os forros, vai ter pipoco
    Levou no coco, sem socorro, foi pro poço

    Vão dar o troco, o buraco é fundo
    O jogo é sujo, o jogo é imundo dependendo do teu intuito
    A violência do mundo é teu único bem gratuito
    A vida ensina que cem amigos é pouco, um inimigo é muito

    Acúmulo de falsidade num mesmo lugar já me dá desespero
    Te digo que o cúmulo é nego que tira nas costas
    E na frente se faz verdadeiro
    Então mando pro túmulo que é seu lugar
    Já vai junto com o seu bonde carniceiro
    No fim do teu meio termo lembre-se bem
    De quem riu primeiro

    Tio, cifrão vai, cifrão vem
    Se você não faz a sua a cota, se roda
    E já era. pro cê não tem
    Dinheiro vai, dinheiro vem
    É foda, dinheiro roda e quem mosca fica sem

    Letra enviada por Rafael Valente
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Valente

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.