Página inicial > Rap > V > Valente > Difinin

Difinin

Valente


tô suavin no meu cantin, só "difinin", devagarin...
Escutando um sonzin aqui,
Encostadin bem aconchegadin no maciozin
Só maciota, vem pra mim

Vou pensando devagar, tô manso
Deixo minha mente relaxar, descanso
O verso vem me cutucar, avanço
Aí começo a rimar, nem canso

Esse é o canto que eu canto por todos os cantos
Meu canto de encanto que me protege dos prantos sem valor,
No coração do homem sofredor, sou credor
E sei o que atinge sem pudor, deixa dor

Mantém a mágoa; e vai embora a calma...
Calma, que homem de bem não bebe dessas águas
(não bebe não)

-

tô "difinin", tô, tô
tô "difinin", tô, tô
tô "difinin", tô, tô
Tô tranquilim... (tranquilim)

-

Olho da janela o mundo lá fora
Vejo a mãe falando pro filho que tem que ir embora, agora,
E o menino que olha, chora,
Vendo a mãe ir lá pra fora

Porque tem que garantir sustento
Classe rica, média ou pobre, cimento ou cobre
Alimento nobre o pobre não vê,
Só pela tv, não é pra você

Aê, quando neguin dá a volta e faz reviravolta
A escolta de olhares é natural,
Tiravam sua moral
E agora na hora falam que se é mó legal

Segura a onda, não seja tão fútil, banal
Faça disso um útil canal
Vai saber, nóis vê você na tv
Ou subcelebridade, capa do meu cd

-

tô "difinin", tô, tô
tô "difinin", tô, tô
tô "difinin", tô, tô
Tô tranquilim... (tranquilim)

Compositor: Rafael Valente

Letra enviada por Rafael Valente

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Valente no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS