Página inicial > Rap > V > Valente > Atividade na Vila

Atividade na Vila

Valente


Refrão

Atividade na vila
Menor sonhando em ser ladrão
Atividade na vila
Que os "loko" tá atrás do cifrão
Atividade na vila
Luxo, ganância e ambição
Atividade na vila



Que esses dias foi foda

Vi um moleque correndo, passou, "ei, me ajuda aí"
Logo atrás veio os "cop", correndo, sem dirigir
Largaram a viatura e passaram pra me medir
E falaram que era ladrão, "ei, não se envolve aqui"

E o moleque, se envolveu numa fita
da onde não dá pra sair
Já fecharam o cerco e começaram a agredir
Polícia batendo na esquina, no escuro, nem fez barulho
De repente só sumiram o corpo dali

Na quebrada ninguém mais sabe de nada
ninguém fala nada
Todos têm medo de ter o mesmo fim
Se pergunta aqui ninguém responde nada
aqui ninguém tem nada
A ver com essa história que contaram aí

Deve ser porque a justiça não tá vendo, e eu tô vendo
Que eles tão devendo, e não fazem nada porque vão cair
Toda vez perguntam o que que eu tô fazendo
e se eu vendo
Talvez se eu vendesse
poderia estar no lugar daquele mano lá que

Tem moral com as putas, não se importa
e as putas fazem graça
Toda vez que eu vejo tá com a grana
e a grana nunca é excassa
E eu tô vendo tudo isso de longe, pra mim não virou?
Mete a cara e faz o bang certo, ou truta, não embaça

Ouve a oferta, fala, fecha, certo, acerta, compra, passa
Traz a certa, prova, é essa, certo? certo, sem trapassa
Sempre alerta, a lei é essa, e pelo certo, demorô?
Que outro mano vacilou e viu de perto a sua desgraça


Refrão

Atividade na vila
Menor sonhando em ser ladrão
Atividade na vila
Que os "loko" tá atrás do cifrão
Atividade na vila
Luxo, ganância e ambição
Atividade na vila



Eles querem comprar, eles querem vender
Então eles tomam, roubam, assaltam a loja e sentem prazer
Eles querem comprar o que eles vêem na tv
Então ele estoura o caixa, arromba o vidro e rende você

Ele não quer te matar, ele tá louco de "t", nego
Não quer sua carteira, quer a senha do cofre, nego
"é bom me passar, nego não paga pra ver
nego eu não quero atirar
Nego só passa, me dá essa porra, desse malote

Esse mesmo que tá mocadão
dentro da parede ou embaixo do colchão
Político safado o seu dinheiro desviado
que você não botou no banco vai vir pra minha mão
Sabe que essa verba suja é um "b. o. zão"
e no imposto de renda ela não consta não
Então não vai te fazer falta uma grana
que nunca existiu, você perdeu, ladrão. "



Refrão

Atividade na vila
Menor sonhando em ser ladrão
Atividade na vila
Que os "loko" tá atrás do cifrão
Atividade na vila
Luxo, ganância e ambição
Atividade na vila

Compositor: Rafael Valente

Letra enviada por Rafael Valente

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Valente no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS