Página inicial > Rock > U > Ultraje A Rigor > A Cegonha Me Deixou em Madureira

A Cegonha Me Deixou em Madureira

Ultraje A Rigor


A cegonha me deixou em Madureira
De presente para minha mãe Silvia Lenheira
Madureira, ô, ô Madureira, ô, ô
Me deixou numa santa casa barulhenta
Que tremia toda quando o trem passava
Olha o trem
Disseram que eu cheguei com dois quilos e meio
Com dois quilos e meio
O que é que é isso?
Um bebê ou um palito

Disseram também que eu cheguei sorrindo
E cantando
Em vez de chegar chorando
Acharam estranho
A cegonha me deixou em Madureira
De presente para minha mãe Silvia Lenheira
Madureira, ô, ô
Madureira, ô, ô

Madureira, terra de bamba e de tradição
De casas coloridas e meninas bonitas
Do jogo do bicho, do comércio e do mistério
Terra de samba da Portela e do Império
Mas de madureira me levaram
Para o Rio Comprido Tijuca
Do Rio Comprido Tijuca
Me levaram

Para Copacabana Zona Sul
E de lá eu caí no mundo
E de lá eu caí no mundo
Abençoado por Deus
Cantando "mas que nada"
Já não me chamam de vagabundo

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ultraje A Rigor no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS