Tia Mô

Uhul


Peguei minha bike e fui na venda pro meu tio
Mas lá não tinha cerva! Porra! Onde já se viu?
Um mercado sem cerveja não serve pra porra nenhuma
É como bebida sem álcool ou chopp sem espuma

Ainda bem que na frente tem a casa da Tia Mô
Que nunca falta cerva, seja na hora que for
Fui lá e pedi uma e ela me trouxe mil
Me senti o cara mais feliz do Brasil

Quando cheguei em casa meu tio ficou encantado
Disse: "Tú é o cara moleque! Pega aqui uns trocados!"
Respondi: "Calma meu chapa. Eu já sou gente grande!
Vamos gelar essa cerva e seguir adiante!"

Nos trancamos em casa. Ninguém podia sair
Até que toda a cerveja chegasse ao fim
Passou uma semana e a gente ainda não caiu
Nos sentimos os caras mais feliz do Brasil

Não importa quanta cerveja tem
Nunca vai ser o bastante
Com mil cerveja tudo fica bem
E o mundo segue adiante

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Uhul no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS