Página inicial > Sertanejo > T > Trio Parada Dura > Instrumento Dourado

Instrumento Dourado

Trio Parada Dura

Castelo De Amor


Certa vez num concurso de viola
Eu fiquei muito atrapalhado
Fui traído pelos companheiros
Uns violeiros muito despeitados

Eles tinha já quase certeza
Que eles ia ser os premiados
Eles tinham respeito de mim
Tinham inveja do meu ponteado

Minha viola já estava afinada
Tava tudo já bem preparado
E por isso eu guardei num cantinho
Esperando só eu ser chamado

Só assim eu não atrapalhava
Quem ainda não tinha ensaiado
Todo mundo queria o prêmio
Era um lindo instrumento dourado

Mas porém os meus falsos amigos
Tinham tudo já bem combinado
Foram lá no cantinho onde eu
Deixei meu instrumento guardado

Rebentaram as cordas todinhas
Somente uma esqueceram os malvados
E ficaram com cara de Judas
Todos eles sorriam um bocado

Nesta hora o espique anunciou
O meu nome foi bem pronunciado
Eu risquei os dedos nas cordas
Somente uma eles tinham deixado

Mesmo assim com uma corda só
Nela mesma eu dei meus ponteados
E pediram perdão de joelhos
Diz que o prêmio eu já tinha ganhado

Pra mostrar os meus falsos amigos
Eu não estava muito interessado
Quem ganhar o primeiro lugar
Eu provei que eles tavam enganados

Ali mesmo no meio do povo
Tinha um garotinho aleijado
Resolvi ofertar o presente
Dei o lindo instrumento dourado

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Barrerito e Graveto

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Trio Parada Dura no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS