Página inicial > Sertanejo > T > Trio Parada Dura > Barco da Ilusão

Barco da Ilusão

Trio Parada Dura

Nos Braços Do Povo


No barco da ilusão
Venho há tempo navegando
A procura de um alguém
Com quem eu vivo sonhando

Pelas ondas da saudade
O meu martírio balança
Meu bem, em te encontrar
Ainda tenho esperança

Carrego minha bagagem
No barco do pensamento
Levo saudade e tristeza
Amargura e sofrimento

Na rota da incerteza
Perdi a conta dos anos
Meu bem, volte para mim
Que estou te esperando

Enfrentando tempestade
De inveja e traição
Procurando acalmar
O meu pobre coração

No oceano da vida
Estou para naufragar
A não ser que esteja perto
Meu bem, deixe encontrar

Procurando dissipar
O nevoeiro da mente
Perdi o meu pensamento
Do seu rosto sorridente

Então me vejo perdido
No turbilhão da saudade
Então volto a enfrentar
A triste realidade
Então volto a enfrentar
A triste realidade
Então volto a enfrentar
A triste realidade

Compositor: Pandiá/Reinaldo Queiroz/Creone

Letra enviada por lincoln greik dos santos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Trio Parada Dura no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS