Arrependimento

Trio Parada Dura

Castelo De Amor


Graças a Deus tenho sofrido tanto
Com a sorte que Deus me deu
Nesse mundo ninguém sofre como eu
Também ninguém nunca fez o que eu fiz
Eu fui covarde ao mandar embora
A criatura que me fez feliz

Me deu carinho e eu te dei desprezo
Agora vejo minha vida amargurada
Quantas noites eu durmo na calçada
Imploro à Deus e peço que me dê calma
Sofro calado o castigo que vier
Se eu quiser salvar a minha alma

Lentamente a brisa passava
Congelando o meu corpo cansado
De sereno o meu rosto molhado
Quando vi nos tristes dias meus
Venha de pressa, vem me perdoar
E entregar a minha alma para Deus

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Gino, Geno e Mangabinha

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Trio Parada Dura no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS