• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Informações do Álbum Reggae 'n' Blues
    Reggae 'n' Blues
    Ouvir álbum completo Reggae 'n' Blues Ano de lançamento: 1997
    1. Fogo e Água
    2. Roots Reggae Music
    3. Chama
    4. Babylon System
    5. What a Wonderful World
    6. Prisioner Of Vices
    7. Back To Sampa
    8. Nas Ondas do Titãnzinho
    9. Redemption For My Soul
    10. Curitiba Reggae Bound
    11. Tribo de Noronha
    12. World Inna Transition
    13. Sem Que Se Queira a Noite Cai
    14. Flame

    x
    Ver discografia completa »
    Play
    PLAY

    O-ho-o o-ho-o-ho-o-ho
    O-ho-o o-ho-o-ho-o-ho
    São Paulo crescendo, o-ho
    Que absurdo tudo isso
    Se a vida está morrendo
    São Paulo crescendo, o-ho
    De que vale tudo isso
    Quando se está sofrendo

    Pra que esse exagero
    Se estou em desespero
    Nessa cidade,
    Infeliz cidade
    De volta pra Sampa
    Andando pelas ruas
    Tudo me espanta
    Na realidade nua e crua;
    Aqui se tem de tudo
    Mas o essencial
    O ar pra respirar
    O silêncio NATURAL
    Uma cidade universo,
    Um deserto ao inverso,
    Eu a sou um em meio à multidão.

    Quem me olha nem me vê,
    Quem me vê não quer nem saber,
    O que sou, onde vou,
    O que tenho, por que estou aqui
    E se estou aqui, de onde venho?

    O-ho-o o-ho-o-ho-o-ho
    O-ho-o o-ho-o-ho-o-ho
    São Paulo crescendo o-ho
    De que vale tudo isso
    Quando se está sofrendo

    Caminho com meu walkman
    Tapando os ouvidos
    O som explode
    Tomando meus sentidos
    Culture, gladiators
    Rolando na cabeça
    Pego o metro
    Antes que eu me esqueça
    O reggar rola
    Eu não vejo céu algum
    Desço na Armênia
    E pego o busumPela Marginal
    Sigo pra Guarulhos
    Vida irracional
    Eu nunca vi tanto barulho

    Quem me olha nem me vê
    Quem me vê não quer saber
    O que eu sou, onde vou,
    O que tenho, porque estou aqui
    E se estou aqui, de onde venho?
    Procuro um paradeiro
    Não vejo nada à vista
    Eu conheço uns regueiros
    Em São Miguel Paulista
    Eles falam de um lugar
    Na vila Madalena
    O refúgio um bar
    Que vai valer a pena
    Tô chegando lá
    No "Tambores de Jah"
    Onde e reggae Roots rola
    A todo o tempo, a toda hora

    E quando os "Tambores" fechar
    Eu sigo em minha fuga
    A caminho do mar
    Vou descer pra Ubatuba...
    Uba... tuba-tuba, o-ho
    Vou descer pra Ubatuba
    Alô moçada de Ubatuba, vou descer a serra
    Não aguento mais, quero pisar na terra
    Uba-uba-tuba, o-ho.

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Tribo de Jah
    Playlists

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.