Página inicial > Sertanejo > T > Tony e Bryan > Noites, Porres e Mesas de Bar

Noites, Porres e Mesas de Bar

Tony e Bryan


Não adianta beber
Não tem porre que apague você da memória
Quando o efeito acaba
Toda a nossa história
Explode em minha mente
Me fazendo enlouquecer
Não adianta sair, curtir com outro alguém
Outro corpo, outra boca
Buscando as sensações das nossas noites loucas
E o fim de tudo isso é prazer por prazer

Chamar seu nome já chamei demais
Mas essa angústia não me deixa em paz

Por isso, passam noites, passam porres
E mesas de bar
Eu sempre na vontade de te encontrar
E a cada dose eu choro, eu choro

Por isso, passam noites, passam porres
E mesas de bar
Eu sempre na vontade de te encontrar
Por seu amor imploro, imploro

Êêêêê

Chamar seu nome já chamei demais
Mas essa angústia não me deixa em paz

Por isso, passam noites, passam porres
E mesas de bar
Eu sempre na vontade de te encontrar
E a cada dose eu choro, eu choro

Por isso, passam noites, passam porres
E mesas de bar
Eu sempre na vontade de te encontrar
Por seu amor imploro, imploro

Por isso, passam noites, passam porres
E mesas de bar
Eu sempre na vontade de te encontrar
E a cada dose eu choro, eu choro

Por isso, passam noites, passam porres
E mesas de bar
Eu sempre na vontade de te encontrar
Imploro

Letra enviada por Tony e Bryan

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tony e Bryan no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS