Tonico e Tinoco

Violeiro Casado

Tonico e Tinoco


Eu fui num fandango lá no Birigui
Que festa tão boa que eu me adverti
Que moça bonita que eu inda não vi
Quando eu vim simbora saudade eu senti

Cantei uma moda e começô a função
As moça falaro, que violêro bão
São modas chorosa, dói no coração
Quem sofre nervosa morre de paixão

Uma moreninha me chamô de um lado
Pra cantá pra ela um verso dobrado
Quando eu terminei eu fiquei avexado
Perguntô seu era sortêro ou casado

Eu falo a verdade, que menti não sei
Sô comprometido, eu já me casei
Sô um caboclo sério, cumpridor da lei
Mas se houvesse um jeito casava outra vez

Ela inté chorô e suspirô doído
E falô pra outra baixinho no ouvido
Vô fazê promessa, vô fazê um pedido
Pra arranjá um violêro pra ser meu marido

Noutro dia cedo eu pego o meu pedrês
Fiz a despedida, mas quase fiquei
Despedi das moça, na mão apertei
Fiz coração duro, assim mesmo chorei

Hoje eu pego a viola e garro a suspirá
De tudo passado pego se alembrá
Pros que são violêro eu quero aconseiá
Namore bastante
("E depois Tonico? ")
Mas não se casá

Composição: Tonico, Teddy Vieira

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS