Tonico e Tinoco
Página inicial > Sertanejo > T > Tonico e Tinoco > Vida de Operário

Vida de Operário

Tonico e Tinoco

Som da Terra Vol.2


Eu nasci no mundo, não sou milionário
Vou cumprindo a sina de ser operário
Eu vou desfiando meu triste rosário
E pra trabaiá tenho meu horário

Eu moro distante de onde eu trabaio
Sou muito esforçado, nem um dia eu faio
Às três da manhã de casa eu saio
Eu pego o subúrbio e vou quebrando o gaio

Condução atrasa, é uma amolação
Se chego atrasado já vem o patrão
Com a cara feia me chama a atenção
E não qué sabê da minha explicação

Se eu perco uma hora fico atrapaiado
Não ganho domingo, não ganho feriado
Chega o fim do mês, o meu ordenado
Não dá pra pagá onde eu comprei fiado

Ordenado é pouco, passo meus apuro
Se não pago a Light já fico no escuro
Quando me machuco já vou pro seguro
E pra recebê ainda é mais duro

Nossa vida é um drama, todo mundo chora
Sempre na esperança que as coisa mióra
Vai passando o dia, vai passando as hora
A promessa é boa, mas como demora

Composição: Marumby, D. Hilário, Nhô Neco

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS