Tonico e Tinoco

Velho Rancho

Tonico e Tinoco


Rancho véio aonde eu nasci
Velho rancho aonde me criei
Agora tão longe de ti
Quantas vez eu até já chorei

Eu aprontei minha mala
Porque a saudade é demais
Já se passaram dez ano
Que eu não vejo meu pai
Já se passaram dez ano
Que eu não vejo meu pai

Rancho véio, te óio chorando
Do tempo feliz que passou
Queria que nada mudasse, meu rancho
Que pena que tudo mudou
Queria que nada mudasse, meu rancho
Que pena que tudo mudou

Eu oiei em vorta do rancho
Tomou conta a saudade de mim
Tudo cheio de buraco
Invadido pelo capim

Oiei a panela no gancho
Do véio rancho onde eu nasci
Os causo que a vovó contava
Até hoje não esqueci
Os causo que a vovó contava
Até hoje não esqueci

Rancho véio, te óio chorando
Do tempo feliz que passou
Queria que nada mudasse, meu rancho
Que pena que tudo mudou
Queria que nada mudasse, meu rancho
Que pena que tudo mudou

Queria que nada mudasse, meu rancho
Que pena que tudo mudou
Queria que nada mudasse, meu rancho
Que pena que tudo mudou

Composição: Sidnei Lima

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS