Tonico e Tinoco

Triste Berrante

Tonico e Tinoco


Berrante chora demais
Acompanha o meu destino
Herança do véio pai
Me deixou bem pequenino

Meu pai morreu sem piedade
No chifre de um pantaneiro
Deixou pra minha saudade
Este berrante mineiro

Foi sepurtado na estrada
Como um boiadeiro errante
No mugido da boiada
No choro desse berrante

Berrante chora demais
Acompanha o meu destino

Eu precisei um carinho
Viajando com a boiada
Andei no mundo sozinho
Comendo o pĂł das estrada


NĂŁo pude ser estudante
O meu pai também não foi
Aprendi tocĂĄ berrante
Entre o mugido dos boi

Berrante chora demais
Acompanha o meu destino

Na estrada de sul a norte
Eu sigo minha jornada
Na hora da minha morte
Peço pra companheirada

Eu quero ser enterrado
Nas campina verdejante
Ouvindo o mugĂ­ do gado
O choro desse berrante

Berrante chora demais
Acompanha o meu destino

Composição: Tonico, Tinoco, J. Correia

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS