Tonico e Tinoco

Tarde Janera

Tonico e Tinoco

A Saudade Vai...


Naquela tarde janera
A cabocla de mim despedia
Com seu lindo cabelo castanho
Sobre os ombro pendente caĂ­a

Desprezaste quem te amava
O carinho fingido de arguém
Eu agora vou viver sozinho
Pois jurei não amar mais ninguém

Guardo no peito a lembrança
Magoado desta grande dor
Vai morrendo comigo a esperança
O desprezo do teu farso amor

E quando for na capela
Com saudade de arguém vai rezå
Reza uma prece e oferece
Este arguém que morreu por te amå

Composição: Matilde Gotardo, Tonico

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS