Tonico e Tinoco

Rei dos Pampas

Tonico e Tinoco


Sou rei dos pampa, sou gaúcho forte
Sou um bom amigo e amigo de festa
Tenho por cama do meu rancho as páia
E o meu pala no calor da sesta

Não tenho casa nem morada certa
Tenho um cavalo e na garupa um laço
Um bom arreio e um rebenque prateado
Um bom revórve e seis bala de aço

Entro no baile arrastando a espora
Danço a tirana e também a rancheira
Se encontro ali uma china morena
Essa comigo dança a noite inteira

De rei dos pampa ela deu meu nome
Eu vou contá o motivo porque
Seis bandoleiro me deram um aperto
E eu solito fiz os seis corrê

Um certo dia numa gauchada
Montei em pêlo num baguá teimoso
Soltei a tala entre as duas oreia
Piquei de espora esse baguá furioso

O fazendeiro, um certo patriarca
Quis dá emprego mas não aceitei
O meu destino é vivê nos pampa
De pago em pago já me acostumei

Tenho uma china que eu adoro muito
Mora na serra na estância do tio
De rei dos pampa ela deu meu nome
Por Deus eu juro que ela não mentiu

Sou mais que um rei embora sem tesouro
Sou o rei dos pampa eis a sina minha
Se ele tem uma coroa de ouro
Eu tenho a china que é a minha rainha

Composição: Raul Torres

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS