Tonico e Tinoco
Página inicial > Sertanejo > T > Tonico e Tinoco > Rei do Laço (Rei do Laço Gaúcho)

Rei do Laço (Rei do Laço Gaúcho)

Tonico e Tinoco


Cumpanherada, não sou bandoleiro
Isto é meu jeito, não é convencimento
Eu só proseio com a moreninha
Ai, se o véio dá o consentimento
Por essas bandas sou desconhecido
Me dá licença que eu já me apresento

Sou boiadeiro bem desde pequeno
Levanto cedo e amunto no baio
Meu ponche verde rebate o sereno
Subo a campina derrubando orvaio
Eu sou peão do regime antigo
Pro meus amigo nunca dei trabaio

Não tenho vício, não gosto de jogo
Não levo insurto e nem passo em ataio
Por uma moça já cerremo fogo
Foi num fandango e derrubemo o soaio
Tenho inimigo mas não tenho mágoa
Não bebo água que roda o cascaio

Sou boiadeiro, venho lá da serra
De outra banda lá de Piedade
Não é insurto que eu arrasto a espora
Isso é mania da minha vaidade
Sou conhecido como rei do laço
Por onde eu passo deixo uma saudade

Composição: Tonico, Tinoco

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS