Tonico e Tinoco
Página inicial > Sertanejo > T > Tonico e Tinoco > Porto Esperança

Porto Esperança

Tonico e Tinoco

Nossas Primeiras Gravações


No dia cinco de março
Trago sempre na lembrança
E até hoje eu me alembro
Foi numa Semana Santa

Fui buscar uma boiada
Na estação Porto Esperança
Onde eu fiquei encantado
Oi, ai, foi por uma rosa branca

Nós garremo estrada afora
Isso foi de quinta-feira, ai
Nós corremo dois dia
Pra chegar em Pitangueiras

Chegamo em Porto Esperança
Foi numa segunda-feira
Inda lembro com saudade
Oi, ai, daquela linda mineira

Na chegada da fazenda
Desse tar Juca Pinheiro
Arrecebi muito agrado
Eu e mais meus companheiros

Saiu uma linda morena
No seu cavalo ligeiro
Sozinha fez o rodeio
Oi, ai, naquele gado campeiro

Nós apartemo a boiada
E despedi do fazendeiro
Ainda a moça acompanhô
Até saí do ribanceiro

Na hora da despedida
Soluçando em dexagero
Adeus cabocla bonita
Oi, ai, perdição de um boiadeiro

Se eu te deixo não sossego
De saudade eu não aguento
Eu vim tocando a boiada
Mas com grande sentimento

Caminhava muito triste
Só ela no pensamento
Adeus linda flor do campo
Oi, ai, só me dá padecimento

Composição: Tonico, Miguel Paletti

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS