Tonico e Tinoco
Página inicial > Sertanejo > T > Tonico e Tinoco > Nós e o Destino

Nós e o Destino

Tonico e Tinoco


Desde o tempo de criança
Paulo e Rosinha se amava
Os dois pequeno jurava
Que haviam de casá

Mas a véia, mãe do moço
O namoro não queria
Todo o possive fazia
Pro casamento evitá

Porém a mãe de Rosinha
O casamento queria
Pois vivia só com a fia
Era viúva há muito tempo

O rapaz arresorvido
Martratou sua mãezinha
Vou me casá com a Rosinha
Sem o seu consentimento

A pobre véia chorando
Para o seu quarto correu
E uma carta escreveu
Um veneno ela bebia

Noutro dia acharo o corpo
Tendo a carta do seu lado
Ficaro tudo pasmado
Lendo o que a carta dizia

("No tempo da mocidade
Amei um home casado
Era um segredo guardado
Que do peito hoje sai

Fui contra o seu casamento
Porque só eu que sabia
Que vancê e Rosa Maria
São fio do mermo pai")

Noutro dia da capela
Um caixão roxo saía
E de longe se ouvia
O triste dobrar do sino

Naquela pobre paióça
Um finar de amor tão triste
Nunca se sabe o que existe
Entre nós e o destino

Composição: Tinoco, Zé Paioça

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS