Tonico e Tinoco

Milagre do Amor

Tonico e Tinoco


Num rancho lá atrás da serra
Linda criança nascia
Tão cega como as treva
Sem podê vê a luz do dia

O menino foi crescendo
Falava triste a chorá
Andava pendê pendendo
Mamãe não posso enxergá

A pobre mãe comovida
Abraçando o ceguinho
Chorou lágrimas doída
Carregando o seu fiinho

Foi correndo na capela
Ajoeiô ao pé da cruz
Acendendo toda a vela
Fez uma prece a Jesus

("Senhor todo poderoso
Meu filhinho é um sofredô
Tô aqui ajoeiada
Implorando pro Sinhô

Mas me faça esse milagre
Do meu fiinho enxergá
Aqui ajoeiada aos seus pés
Eu prometo me cegá")

Quando na porta da igreja
Com seu fio carregando
Ele grita, chora e fala
Mamãe eu já tô enxergando

Ela vorta tão depressa
Ajoeiô em frente o artá
De cumpri sua promessa
O seus zóio arrancá

Mas porém nesse momento
Uma voz então se ouviu
A image do poderoso
Parece que até sorriu

Dizendo à pobre mãe
Vai criá o seu fiinho
E leve a luz dos seus zóio
Pra ensinar o bão caminho

Composição: Tonico, Alberto M. Lopes

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS