Tonico e Tinoco

Campinas

Tonico e Tinoco


JĂĄ se perde na distĂąncia
Uma lembrança benquista
Parti com a minha infĂąncia
Num véio trem da Paulista

SaĂ­ para a nova sina
Busquei caminho diverso
Mas hoje vorto, Campina
Trazendo este meu verso

VĂ©io mercado mandou
Para a cidade vizinha
Toda a ternura de um bando
Das saudosas andorinha

E a luta do passado
De que nunca me esqueci
Sobre o verde gramado
Ponte Preta e Guarani

Cheirosa reminiscĂȘncia
A bandinha e o lampiĂŁo
Jardim da BeneficĂȘncia
VĂ©ia estĂĄtua de CamĂŽes

Casa dos véio teiado
Aos pouco desaparece
Acompanhando o progresso
Campina que muito cresce

Cidade que nos ensina
Entre nomes varonil
Tu és o berço, Campina
Carlos Gome do Brasir

Eu te peço, não abandone
Minha querida cidade
Um cantinho pro meu sono
Cemitério da Saudade

Composição: Tonico, GiĂłia JĂșnior

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS