Tonico e Tinoco

Burro Picaço

Tonico e Tinoco

Sertão Sem População


Comprei um burro picaço
De treis ano mais ou meno
Na hora de dá o recibo
O tropeiro foi dizendo:

Cuidado com esse macho
Esse bicho tem fama
De ser perigoso
Por ter matado um peão
O nome do burro ficou criminoso

Joguei o lombio no burro
O macho se estremeceu
Apertei a barrigueira
O meu burrão se encolheu

Sentei em cima do couro
O povo de perto de medo correu
Mas qual o que minha gente
Pagão que me aguente
Ainda não nasceu

Tosei a crina do burro
Na sistema meia-lua
Prá cortar uma légua e meia
Meu criminoso nem sua

Prá varar uma tranqueira
Passar uma porteira
Por cima ele avua
Faz eco pra todo lado
No passo picado
Das pedras da rua
Eu já vi burro ligeiro
Mas igual esse ainda não
Enjeitei cinco pacotes
Do filho do meu patrão

Gosto muito de dinheiro
Cinco mil cruzeiro
Não leva o machão
E pra falar com franqueza
Não existe riqueza
Que compra o burrão

Composição: Anacleto Rosas Jr

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS