Tonico e Tinoco
Página inicial > Sertanejo > T > Tonico e Tinoco > Brasil Paraguai

Brasil Paraguai

Tonico e Tinoco


Quanta saudade da cordilheira
Daquele tempo que longe vai
Minha chalana, a companheira
O meu amor que não vorta mais
Quero vivê bem lá na fronteira
Do meu Brasir, o meu Paraguai

Ponta Porã, terra brasileira
A fronteiriça das verde mata
A linda Pedro Juan Cabalero
A paraguaia é o luar de prata
Dançando junto lá no terreiro
Chorando a harpa na serenata

A paraguaia como açucena
Linda morena que mais cobiço
A brasileira lá na fronteira
Faz a saudade como feitiço
Ouvindo o canto da seriema
Ornamentando o chão fronteiriço

São duas raça, duas raiz
Dois coração batendo iguais
São dois irmão vivendo feliz
Dois corações batendo iguais
Duas bandeira, dois ideais
São duas terra, são dois país
Um é Brasir, outro é Paraguai

Composição: Tonico, Tertuliano Amarilha

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Tonico e Tinoco no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS