• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    Perfect
    It's a chilly English winter
    And solitude is never easy to maintain
    Except when it rains
    So I hang an empty smile beneath my empty eyes
    And go out for a walk
    The wet morning sun reflects off the paving-stones
    While a little dog barks its head off
    In the distance
    CHORUS (x2)
    Oh, what a perfect day
    To think about my silly world
    My feet are firmly screwed to the floor
    What is there to fear from such a regular world?
    Passing by a cemetery
    I think of all the little hopes and dreams
    That lie lifeless and unfilled beneath the soil
    I see an old man fingering his perishing flesh
    He tells himself he was a good man and did good things
    Amused and confused by life's little ironies
    He swallows his bottle of distilled damnation

    People turn around with unseeing eyes
    They're looking for something that doesn't exist
    The world you once knew is being eaten up by rust
    No-one has time for the past, but still, in God they trust
    The future is now, but it's all going wrong
    Bodies good for nothing, but it's to nothing they belong
    People say prayers and some work hard
    If you give them all your money, they'll give you their hearts
    This town ain't going like a ghost town
    It's going like hell
    Chorus (x5)
    Perfeito
    É um inverno frio Inglês
    E a solidão nunca é fácil de manter
    exceto quando chove
    Então eu pendurar um sorriso vazio sob os meus olhos vazios
    E sair para uma caminhada
    O sol da manhã molhado reflete as lajes
    Embora um pouco cachorro late sua cabeça
    À distância
    Refrão (x2)
    Oh, que dia perfeito
    Para pensar sobre o meu mundo bobo
    Meus pés estão firmemente aparafusados? ao chão
    O que há a temer de um mundo tão regular?
    Passando por um cemitério
    eu penso em todas as pequenas esperanças e sonhos
    dos que dormem sem vida e vazia debaixo do solo
    eu vejo um velho tocando sua carne perecer
    Ele diz a si mesmo que era um homem bom e fez coisas boas
    Divertida e confuso com pequenas ironias da vida
    Ele engole a garrafa da condenação destilada

    Pessoas virar com olhos cegos
    Eles estão procurando por algo que não existe
    O mundo que você conheceu está sendo comido pela ferrugem
    Ninguém tem tempo para o passado, mas ainda assim, em Deus eles confiam
    O futuro é agora, mas está tudo dando errado
    Corpos bons para nada, mas que é nada a que pertencem
    As pessoas dizem orações e algum trabalho duro
    Se você dar-lhes todo o seu dinheiro, eles vão dar-lhe o seu coração
    Esta cidade não está indo como uma cidade fantasma
    Vai pra caramba
    Chorus (x5)


    Aviso

    Esta tradução ainda não está completamente revisada pelos fãs e equipe do Vagalume. Colabore conosco enviando uma correção completa »


    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de The The

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.