Wherefore Art Thou, Elvis? (tradução)

The Gaslight Anthem


Portanto Art Thou, Elvis?


Eu cortei meus dentes na pedra de um romance adolescente

eu era o sal da terra, eu estava duro, eo último dos independentes

ea respiração de meu peito eu estava soprando querosene

Meus lábios e pontas dos dedos eram de pedra, eu usava o meu coração em meu jeans

eu cantava blues como os cães deixaram muito tempo na rua

eu ainda cantar o blues com a cães


E eu tenho metade de uma mente para deixar tudo queimar neste fogo

Isso tem sido queima em minhas veias desde que eu aprendi a chorar

eu assistia toda esta noite descer e nunca perca ela de novo

Eu nunca me senti bem e nunca se encaixam em

Andando na minha própria pele


Agora eu tenho cicatrizes como o número de estrelas, minha mente cheia de víboras

Eu tenho a poeira do deserto em meus ossos, que vem através das

amplificadores Entre a queda menor acorde eo quarto eo quinto

É um Aleluia quebrado e uma dor no meu punho

Eu lavo minhas mãos como o homem com o sangue em seus dentes

Mais e mais, sem alívio


E eu não tenho nada para você querida, mas uma história para contar

Sobre a chuva na calçada eo som como ele caiu

eu assistia toda esta noite descer e nunca perca ela de novo

Eu nunca me senti bem e nunca se encaixam em


Andando nos meus velhos sapatos homem, com meu coração cientista

Eu tenho uma febre e uma taça e um tiro no escuro

Eu preciso de um Cadillac passeio, Eu preciso de uma noite de verão suave

Faça uma oração para a minha alma, Señorita


Porque eu estava morrendo aqui fora no frio ea neve

Eu tenho uma foto de você, mamãe, para me lembrar de casa

Em o capô de um Dodge em um sábado à noite

Faça uma oração para a minha alma, Señorita

Wherefore Art Thou, Elvis?


I cut my teeth on the stone of a teenage romance

I was the salt of the earth, I was hard, and the last of the independents

And the breath from my chest I was blowing kerosene

My lips and fingertips were stone, I wore my heart on my jeans

I sang the blues like the dogs left too long in the street

I still sing the blues with the dogs


And I got half a mind to let it all burn up in this fire

That's been burning through my veins since I first learned to cry

I'd watch this whole night come down and never miss her again

I never felt right and never fit in

Walking in my own skin


Now I got scars like the number of stars, my mind's full of vipers

I got the dust of the desert in my bones, coming through the amplifiers

Between the minor chord fall and the fourth and the fifth

It's a broken Hallelujah and a pain in my fist

I wash my hands like the man with the blood on his teeth

Over and over without relief


And I got nothing for you darling but a story to tell

About the rain on the pavement and the sound as it fell

I'd watch this whole night come down and never miss her again

I never felt right and never fit in


Walking in my old man shoes, with my scientist heart

I got a fever and a beaker and a shot in the dark

I need a Cadillac ride, I need a soft summer night

Say a prayer for my soul, Señorita


Because I've been dying out here in the cold and the snow

I've got a picture of you, Mama, to remind me of home

On the hood of a Dodge on a Saturday night

Say a prayer for my soul, Señorita

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS