Alvorada

Teresa Cristina

Teresa Cristina Canta Cartola


Alvorada
Lá no morro que beleza
Ninguém chora não há tristeza
Ninguém sente dissabor
O sol colorindo é tão lindo
É tão lindo
E a natureza sorrindo
Tingindo, tingindo

Você também me lembra a alvorada
Quando chega iluminando
Meus caminhos tão sem vida
E o que me resta é bem pouco
Quase nada
De que ir assim vagando
Numa estrada perdida

Compositor: Cartola, Carlos Cachaça, Hermínio Bello de Carvalho

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Teresa Cristina no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS