Página inicial > Rap > T > Terceira Safra > Passos Marcados (Prod. Dj Caique)

Passos Marcados (Prod. Dj Caique)

Terceira Safra


Eu hasteio a bandeira da luta e uma mão do outro lado
Anda carrego a cruz e o fardo sem esmorecer pelo chão
Há tempos pela dolorosa cruz que resseca
Fere corta sangra a pele
Turva a visão, mas também caleja.

Os pés, as mãos, a mente e o coração sofridos demais.
Pois afinal, não passamos de meros mortais.
Sonhando com a melhoria olhando a minoria
Em ascensão com suas posses
Se sentindo melhor que os demais

Perdi o medo e me achei na fé, de olhos fechados enxerguei
Que eu posso ser o que eu quiser!
Somos o que falamos,pensamos,guardamos, remoemos
E temos ao nosso alcance só o que merecemos.

Sou mais que as dificuldades, maior que as barreiras da
Vida capaz como jamais pensei que seria
Longe da perfeição do mar de rosas e fantasias
Eu boto a mão no peito e me supero todo santo dia

Pra ver mais um dia amanhecer, agradecer a benção de
Poder viver aconteça o que acontecer pés no chão.
Sem perder o brio, quando se vive um dia a mais
Se vence mais um desafio!

E minha mente sempre estará onde estiver meu coração
Pra que eu viva intensamente, mas sem perder a razão
Fazer valer cada instante, por meus joelhos no chão,
Eu sinto irmão não tô aqui em vão!

Porque eu vim pra ser luz onde há trevas
Paz onde há guerra
Mesmo que seja por intermédio dela
No fronte por os meus ideais ao lado dos meus iguais
Foco na missão, desistir jamais!

Porque nos seremos luz onde há trevas
Paz onde há guerra
O fim de toda dor, a cura pra sequela.
Satisfação em ser útil e olhar o céu azul
Eu vim pra ser um a mais não só mais um

No vale da sombra da morte as mãos doem, os pés sangram.
Os que não temem marcham fortes e cantam
Firmes por mais duro que seja tropeça, mas não fraqueja de pé.

Com os olhos no horizonte e o pensamento no fim da peleja
E por mais longe que a abonância esteja ela é real
Vitória é justa por isso é só pra quem não foge a luta
Minhas lágrimas, meu sangue, meu suor escorrem.

Na pele rasgada, marca os passos da caminhada.
Que ensina com os meus próprios erros
Duros mas não covardes poderia aprender mais cedo
Mas nunca é tarde!

É tão simples lutar é a única forma de vencer
Descobri com quase 30, mas há quem morra sem saber.
Que não há o que possa transpor o seu querer
O que te move de verdade tá dentro de você

E é possível vencer, ser integro, honesto.
Acreditar no sonho é ser capaz de torna-los concretos
Se antes de tudo acontecer, Deus me chamar.
Se eu não estiver quando estourar o champanhe

Pra comemorar, cada verso, cada show,
Cada aplauso, cada plano.
Deixará registrado que alguém deu a vida tentando!
Superar limites, ir além do que eu sempre fui.


Não quer dizer que eu seja melhor do que ninguém
Tiraram tudo de mim, tentaram me fazer menor.
E o troco é fazer sempre o meu melhor

Porque eu vim pra ser luz onde há trevas
Paz onde há guerra
Mesmo que seja por intermédio dela
No fronte por os meus ideais ao lado dos meus iguais
Foco na missão, desistir jamais!

Porque nos seremos luz onde há trevas
Paz onde há guerra
O fim de toda dor, a cura pra sequela.
Satisfação em ser útil e olhar o céu azul
Eu vim pra ser um a mais não só mais um

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Terceira Safra no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS